Artigo

Saiba Como Reduzir a Quantidade de Checkpoints no Facebook

Uma série de etapas de verificação de identidade veem sendo solicitadas pelo Facebook. Veja como se livrar delas em simples passos.

Os anunciantes fiéis do Facebook devem ter reparado que houve um aumento considerável nos checkpoints nos últimos meses, simplesmente para estabelecer uma segurança mais firme das contas dos usuários.

Esse termo se refere a uma série de etapas de verificação de segurança, geralmente quando um perfil é logado várias vezes em precedentes diferentes, ou depois de meses agindo em atividades consideradas suspeitas em sua conta, é solicitada a confirmação de identidade. Essa é uma nova etapa comum do Facebook.

É solicitada através de confirmações que vão das mais simples até as mais complexas, como SMS, e-mail, verificação de identidade, solicitação de vídeo de si mesmo etc. E em alguns casos pode levar a perca do perfil se não confirmado.

Como reduzir consideravelmente esses checkpoints?

  1. Utilize cookies para fazer o login
    Ao utilizar os cookies, evita que você faça um novo login manualmente e passe pelas verificações iniciais do Facebook.
  2. Compre perfis pelo Lauth e receba por transferências
    Perfis comprados direto pelo Lauth e transferidos dentro da plataforma possuem uma saúde e pontuação melhor com o Facebook, pois o perfil já é transferido com os mesmos cookies e principalmente: fingerprint/dispositivo. É como se você recebesse um notebook, com o perfil já logado no Facebook.
  3. Evite mudanças bruscas de localização
    Utilizar o wi-fi é uma maneira de expor seus dados de conexão reais e claro, isso é algo que pode prejudicar sua estrutura. Caso precise, ou queira utilizar a rede wi-fi, utilize um proxy de alta qualidade (residencial, dedicado e Brasileiro caso seja o seu caso)
  4. Utilize o 4G como método de conexão
    A arquitetura da rede 4G, diferente de uma rede residencial, é feita para ser compartilhada por centenas ou milhares de usuários. Isso a torna mais segura para que você se camufle em meio a multidão. Além disso, a mudança de localização (dentro do mesmo país) é uma problemática menor, ou quase inexistente neste caso.
  5. Agregue o iProxy em sua estrutura
    O iProxy, basicamente cria uma proxy com conexão e dados de rede baseadas em sua internet 4G, porém, possibilita que você viaje e altere sua geolocalização real, quantas vezes quiser. Para isso, basta deixar o dispositivo com o iProxy ativado em uma localização fixa (ex: seu escritório ou área de trabalho) e mante-lo conectado via proxy + Lauth.

Seguindo essas dicas, as solicitações de segurança irão reduzir. Pois você mantem os dados entre as sessões praticamente intactos, não alertando à plataforma sobre possível atividade incomum.

Compartilhe este post:

LEIA MAIS

Outros artigos

HELPDESK & SUPORTE

Precisa de ajuda?

Acesse nossa central de ajuda com artigos detalhados sobre as principais questões relacionadas ao Lauth, ou entre em contato com nosso time de suporte 😉